Skip to content

Serra Catarinense

19 de julho de 2011

Apesar de não ser muito viajada, amo conhecer lugares novos, principalmente naturais. Me aventurar e desfrutar de todas as belezas que nós temos por aqui. Acredite, são muitas, e uma melhor que a outra.

Pinheiro (Foto: Iara R. Cunha)

Minha última experiência foi no segundo final de semana desse mês. Aproveitando o frio aqui o do sul, partimos ao encontro de uma friaca pior  melhor ainda. Urubici, a cidade mais fria do Brasil. Vou confessar que fiquei com medo de congelar haha, mas tava suportável.

O município tem pouco mais de 10 mil habitantes, mas tem belezuras que devem atrair bem mais. Tranquila, pacata e aconchegante a cidadezinha conseguiu me conquistar.

Foi uma passagem rápida, mas inesquecível. Uma dia e meio, e uma noite. Registramos -3º na manhã de sábado quando já tinha sol e visitamos cascatas, mirantes e picos lindos.

Só não sei ainda qual deles gostei mais. Sem dúvida o Morro da Igreja  e a Serra do Rio do Rastro estão juntinhos na disputa haha.

Foto: Iara R. Cunha

Tentem olhar beeeeem fundo essas imagens, vocês vêem o fim? É eu também não via, nem olhando pra baixo. Eu jurava estar no lugar mais alto do mundo, e sinto dizer que não era, porque eu não via o mar. Choquei! Só tinha, morro, precipício, paredões de pedra, verde e nada de mar… Talvez láá no fundo onde o horizonte toca o céu, deve ser lá o mar. Imaginem o quão longe estava.

E não há maneira alguma de explicar a sensação de estar lá. Sabe aquela solidão boa!? Silêncio, paz infinita, e você. É um dos melhores refúgios que conheço, nós mesmos. Poucas vezes me senti assim, podia ficar mil anos isolada desse jeito. Uma outra vez foi no passeio de navio que fiz no início do ano. Durante a madrugada enquanto navegava (navegava não, corria,voava), eu fui pra rua ver como era, e era eu no meio do mar, não se via nada, era tudo negro ao redor e mesmo assim era lindo.

Foto: Iara R. Cunha

É nessas horas que você percebe o quão pequeno é diante do mundo. E o quão gigante é o mundo pra você. Dá vontade de querer explorar cada metro quadrado, mesmo sabendo que não vai conhecer tudo.

Mais uma vez, veja lááá no fundo das fotos. Da Serra do Rio do Rastro dava pra ver civilização, casas e tal, e nada do mar.  Olha minhas botinhas voando, que delícia! Me jogava fácil se não quisesse mais viver, ou conhecer lugares mais bonitos haha.

Bom recomendo a todo mundo uma pesquisa aqui mesmo pelo Brasil, antes de fazer qualquer viagem pro exterior. Eu quero sim, conhecer outros continentes e países, mas o nosso sem dúvida é o melhor deles e temos que aproveitar e conhecer pra poder dar valor a cada pedacinho e não sair por ainda querendo virar americano. Isso tudo eu conheci sem sair do meu estado, e o Brasil é grande demais minha gente, vamos cuidar e amar esse lindo, pra ninguém roubar da gente, haha!

Encerro com mais algumas fotos do passeio.

Foto: Iara R. Cunha

Foto: Iara R. Cunha

 

Véu da Noiva (Foto: Iara R. Cunha)

Peço desculpas pela demora dos posts. Beishinhos.

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. 19 de julho de 2011 22:18

    buenissimo

  2. Elizandra permalink
    20 de julho de 2011 9:53

    Realmente devemos valorizar o que é nosso.. O nosso Brasil!!!
    Tudo muito lindo

  3. Adriana permalink
    21 de julho de 2011 8:19

    Muito lindo,
    Amei as fotos!

    :*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s